Tragédia em Sooretama; veja o resgate de um menino vítima de acidente no trânsito

Cinco pessoas morreram, quatro eram da mesma família. As cenas são impressionantes. Assista à reportagem

DA REDAÇÃO - TV Gazeta

A BR 101, na altura do município de Sooretama, na região Norte do Espírito Santo, ficou fechada de 23h30 desta terça-feira (03) até às 6h30 desta quarta-feira (04). O motivo da interdição foi o registro de dois acidentes no mesmo local da rodovia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cinco pessoas morreram e duas ficaram feridas. Veja a reportagem.



O primeiro acidente ocorreu às 23h, quando um caminhão que transportava carvão bateu na traseira de uma carreta. O motorista do caminhão morreu a caminho do hospital. Pouco tempo depois, um outro caminhão carregado de gesso que seguia pela via, que já estava interditada, não conseguiu parar e acabou batendo também em outra carreta carregada de toras de eucalipto.

No caminhão havia cinco pessoas. Quatro delas morreram na hora, sendo duas crianças, a mãe delas e o caminhoneiro. Apenas uma criança, de nome Gabriel, de dois anos, conseguiu sobreviver.

O menino foi encaminhado consciente para um hospital da região e com um corte na cabeça. O motorista da carreta também morreu. Os nomes das vítimas não foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal. Resgate difícil Os Bombeiros tiveram muita dificuldade para tirar a criança das ferragens.

O menino de dois anos foi o único sobrevivente do segundo acidente. Após o resgate, considerado muito delicado, a criança foi levada para um hospital particular da região com um corte na cabeça. TV Gazeta: veja o resgate do menino vítima do acidente na BR 101 O caminhão de gesso onde estava a família bateu na traseira de uma carreta carregada de madeira. A policia acredita que o acidente possa ter acontecido por causa de uma outra batida que interditou a BR 101 Norte uma hora antes.

O acidente aconteceu por volta de meia noite. Oito horas depois o transito ainda estava interditado nos dois sentidos. O congestionamento chegou a mais de 40 km, segundo a Policia Rodoviária Federal. Foi preciso uma retroescavadeira para retirar as carretas e limpar a pista. (Com informações de Lívia Raick, da TV Gazeta Norte)

0 comentários:

NOSSA POLITÍCA